Pasta de dente para bebê pode usar ou não

Essa é uma das maiores dúvidas das mães de primeira viagem. E a resposta é positiva. Você pode utilizar pasta de dente para bebê. Porém, assim como o uso da escova de dente para bebê, existem algumas recomendações que devem ser seguidas para evitar qualquer dano à saúde de seu pequeno.

Leia e saiba tudo sobre creme dental para bebê!

Bebês podem usar creme dental com flúor?

A resposta é sim, porém, os pais devem ficar atentos quanto às recomendações do produto, certificando-se sobre a idade e quantidade indicada para cada faixa etária. Se você quer saber qual pasta de dente usar para bebês que possuem até dois anos, por exemplo, saiba que a indicação é utilizar uma pasta de dente sem flúor ou com uma quantidade mínima de flúor.

A pasta de dente para bebê de 1 ano deve ser colocada na escova de dentes no tamanho de uma porção de arroz e deve ter a concentração máxima de 1100 ppm de flúor (você pode conferir essa informação no rótulo da embalagem da pasta de dente com flúor para bebê). A minha indicação é que não é necessário o uso de pastas de dente com flúor nessa idade.

Já a partir dos dois anos e até os seis, a recomendação é que a quantidade de pasta de dente para bebê com flúor seja equivalente ao tamanho de uma ervilha, podendo, inclusive, aumentar a sua concentração para até 1500 ppm.

Qual é a importância do flúor para a saúde bucal?

O flúor possui um papel muito importante na saúde bucal, já que é um grande fortalecedor dos dentes.

Muitos problemas bucais aparecem quando acontece a descalcificação, o que destrói o elemento dentário. As cáries, por exemplo, acontecem quando as bactérias, naturalmente presentes nos dentes, começam a metabolizar o açúcar dos restos alimentares, liberando ácidos que provocam essa desmineralização.

O creme dental infantil com flúor possui a capacidade de deixar os dentes menos susceptíveis a estes ácidos.

Pasta de dente para bebê pode usar ou não

Por que as crianças não devem ingerir o creme dental?

Segundo o Ministério da Saúde, quando a criança engole grandes quantidades de pasta, o principal problema que pode acontecer é a fluorose, ou seja, aparição de manchas brancas na região dos dentes.

Portanto, para evitar com que o problema apareça no futuro, os pais devem acompanhar a escovação desde muito novos e orientar para que não engulam o creme dental.

Como deve ser feita a escovação em bebês?

Agora que você já sabe que bebês podem utilizar pasta de dente com ou sem flúor e já conheceu todas as recomendações necessárias para o seu uso correto, é hora de aprender como deve ser a escovação durante a infância.

Ela é muito importante, já que, por conta da baixa imunidade e das camadas ainda em desenvolvimento dos dentes, os pequenos acabam ficando mais sujeitos a problemas dentais, como cáries e aftas. Portanto, para evitar essas complicações, é essencial que os pais mantenham um costume de fazer uma limpeza diária nos dentes dos pequenos, até antes do nascimento dos primeiros dentes do bebê.

Até a erupção dos primeiros dentes, a limpeza deve ser feita com uma gaze e, a partir do seu nascimento, a escova dental ou dedeira deve começar a ser utilizada.

Nesse momento, realize movimentos de escovação suaves tanto nas paredes internas quanto nas externas dos dentinhos, não se esquecendo de também limpar a língua. A escovação dental das crianças deve ser acompanhada por um adulto até aproximadamente os 11 anos de idade.

Pasta de dente para bebê pode usar ou não

Quando devo começar a levar meu bebê ao dentista?

Ainda que seja recomendado que a mãe passe por consulta odontológica na gravidez, saiba que a primeira visita do bebê a um consultório de odontopediatria deve acontecer bem cedo, mesmo antes do nascimento do primeiro dente. O ideal é que seja assim que a criança nasce.

Essa recomendação é feita porque, mesmo antes dos primeiros dentes erupcionarem, são necessárias orientações da higienização da cavidade oral para os pais, para assim evitar problemas de saúde bucais no recém-nascido.

Nessa consulta, também é realizado o “Teste da Linguinha”, que serve para diagnosticar alterações no frênulo lingual, que podem interferir diretamente na amamentação e, mais tarde, no desenvolvimento da fala do pequeno, na mastigação, deglutição e higiene oral.

Além disso, é muito que importante que o bebê também tenha uma primeira visita a um Ortopedista Funcional dos Maxilares nesse mesmo período, para que o profissional avalie a sua estrutura óssea e muscular, a fim de encontrar possíveis assimetrias, que podem ocorrer no parto ou até durante a gravidez, e que possam comprometer o desenvolvimento correto de sua arcada dentária no futuro.

Viu como é importante levar o seu filho a um dentista o quanto antes? Não perca tempo passar e comece a cuidar da saúde bucal do seu pequeno!

Infográficos Dicas para cuidar do dente dos bebês e das crianças

Infográficos Dicas para cuidar do dente dos bebês e das crianças

Dentista na Vila Olimpia

Se você está procurando por dentista ou odontopediatra na Vila Olimpia, São Paulo, visite o nosso consultório na Rua Alvorada, nº 64, cj. 102 – Clínica de Ortopedia Funcional dos Maxilares.

Telefone: (011) 3848-0007

Pasta de dente para bebê pode usar ou não

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Precisa de ajuda?