Tártaro no dente pode ser perigoso

A hora da escovação dos dentes é um dos poucos momentos do dia que reservamos para cuidar da saúde bucal. Por isso, é muito importante que, durante esse momento, procuremos prestar bastante atenção e observar se existe algum problema que possa prejudicar o nosso sorriso, como o tártaro no dente, caracterizado pelo acúmulo do biofilme que endureceu na superfície dentária.

Leia e saiba tudo sobre tártaro dental!

Confira também: Gengivite

O que é tártaro no dente?

Tártaro dentário, muitas vezes chamado de cálculo dental, é a placa bacteriana que endurece na superfície dos dentes. O tártaro também pode se formar sob a gengiva e irritar os tecidos gengivais.

Além disso, ele dá ao biofilme (antes chamado de placa bacteriana) um espaço muito maior e propício para o seu crescimento, o que pode levar a problemas mais sérios como a cárie e gengivite.

O tártaro não só prejudica a saúde dos dentes e gengiva, mas também causa sérios problemas estéticos, já que, por ser poroso, absorve manchas com facilidade, fazendo com que pessoas que fumam ou tomam muito café precisem ter o dobro de cuidado com ele.

O que causa tártaro no dente?

O acúmulo de tártaro ocorre quando o biofilme macio acumulado que se forma nos dentes todos os dias pega cálcio e outros elementos minerais presentes na saliva e nos alimentos ingeridos e depois endurece a superfície do dente.

O tártaro é encontrado tipicamente na superfície interna dos dentes anteriores inferiores e na superfície externa dos molares superiores próximos às bochechas. A razão para isso é que existem aberturas de dutos salivares nas áreas que continuamente alimentam saliva (que inclui cálcio) na boca.

Além desse acúmulo de sujeira e cálcio nos dentes, existem outros fatores que podem levar a formação do biofilme e, consequentemente, do tártaro dental.

Por isso,

  • A presença de restaurações ou obturações mal adaptadas ou com recidiva de cárie;
  • Próteses dentárias mal adaptadas e/ou com deficiente higienização;
  • O uso de aparelho ortodôntico ou dentário, que dificulta a higienização, facilitando deste modo o acúmulo de tártaro.

Como saber se tenho tártaro?

Ao contrário do biofilme, que é uma película incolor, o tártaro dental é uma formação mineral facilmente visível, se estiver acima do nível da gengiva, é claro.

O sinal mais comum da sua ocorrência é uma cor marrom ou amarela nos dentes na região da margem gengival.

Leia também: Retração gengival

Como eliminar o tártaro no dente?

Para retirar tártaro nos dentes, é necessário consultar-se com um dentista que, por sua vez, fará uma limpeza profunda nos seus dentes, incluindo uma raspagem para retirada das placas, deixando os dentes saudáveis novamente e livres de toda a sujeira. Além de orientar a escovação, a utilização de fio dental e limpador de língua

Já para quem utiliza aparelho ortodôntico, inclusive o Invisalign, o tratamento para acabar com o tártaro no dente é um pouco mais complicado. A remoção é semelhante, porém a manutenção em casa é muito importante. Existem escovas especiais para esses casos e a escovação deve ser mais demorada para potencializar a limpeza bucal.

Tártaro no dente pode ser perigoso

O que o tártaro no dente causa?

Quando não tratado, o temido cálculo dental pode provocar a formação de cáries que, quando acontece, se não tratada, pode se transformar em um problema dental ainda mais grave. Além disso, o tártaro nos dentes pode afetar a aparência de seu sorriso, já que deixa uma camada amarelada visível mesmo após a escovação.

O mau hálito também é uma ocorrência muito comum em pessoas que possuem tártaro dental, além de deixar um gosto muito desagradável na boca. E, como se não bastasse, o tártaro no dente, quando não tratado, provoca problemas periodontais, como retração gengival, gengivites e perda óssea.

Como evitar a formação de tártaro no dente?

A limpeza bucal diária e correta é o que vai te livrar do dente com tártaro. Escovação, uso do fio dental, limpadores de língua e enxaguante são seus aliados nessa tarefa.

Além disso, para potencializar o cuidado, invista em uma alimentação balanceada, rica em proteínas, nutrientes e minerais. Cuidando da sua boca, você evita que o tártaro deixe o seu sorriso amarelo!

Tártaro no dente pode ser perigoso

 

Tártaro em crianças: como evitar?

O tártaro não escolhe idade para aparecer. Porém, a boa notícia é que as formas de prevenção desse problema em crianças são muito mais simples do que parecem.

Através de consultas, um odontopediatra dará as informações necessárias aos pais e responsáveis de como deve ser realizada a higiene bucal daquela criança.

Por esse motivo, é muito importante que seu filho passe por um dentista desde pequeno!

Leia também: Bruxismo infantil

Tártaro no dente pode ser perigoso4

1 Comment

  1. Pingback: Retração gengival: você sabe o que é e o que provoca? - Silvia Bastos

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Precisa de ajuda?